Acessibilidade

Publicado: 6 de maio de 2020

Governo instrui servidores de recursos humanos para virtualização de processos

A Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) realizou na manhã desta quarta-feira, 06, o 8º Workshop sobre Virtualização de Processos e Documentos, através de videoconferência, este com a participação de 70 servidores e funcionários da administração pública estadual dos setores de recursos humanos (RH). A sequência de eventos conta com a parceria da Secretaria da Administração (Sead) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e tem como objetivo orientar e tirar dúvida acerca do uso do e-Doc, sistema para tramitação virtual de processos administrativos.

A virtualização dos processos administrativos foi estabelecida pelo governador Belivaldo Chagas em 2019, por meio do decreto de Lei Estadual de nº 40.394/2019, e a sua implantação tem sido intensificada a partir do anúncio da pandemia do coronavírus, como forma de evitar o deslocamento e o contato físico de pessoas nas unidades administrativas do estado.

Durante a abertura, o diretor-presidente da Emgetis, Ezio Faro, ressaltou que o momento de pandemia foi essencial para que a administração estadual pudesse aprimorar o uso do sistema e-Doc. “Reconhecemos as dificuldades de muitos servidores na adequação aos novos processos burocráticos, mas a aplicação da tecnologia é essencial para uma prestação de serviço do governo cada vez mais eficiente à população sergipana”, reforçou, citando que a equipe da Emgetis estará à disposição para sanar qualquer dificuldade que o servidor possua.

Com a palavra, o subprocurador-geral do estado, Vladimir de Oliveira Macedo, destacou a importância da iniciativa do governador Belivado na virtualização dos processos administrativos e que tem sido desenvolvida pela Emgetis e Sead desde 2019. “A PGE é uma parceira e tem interesse que esta virtualização aconteça e evolua. Ao meu ver, trata-se de um processo sem volta e precisaremos de suporte técnico e logístico para a sua manutenção e evolução, tendo em vista que quase toda a rede do estado hoje está virtualizada”, comentou.

O secretário da Sead, George da Trindade, avaliou que o processo de virtualização tem evoluído desde a sua implantação. “Os valores da desburocratização e da celeridade dos serviços públicos são intangíveis para o governador. Esse produto já está lançado, as pessoas já se adaptaram e não há mais como retroceder, porém, todo apoio e suporte será concedido pelo Governo do Estado”, frisou.

As apresentações técnicas sobre o uso do e-Doc foram realizadas pela gerente da Área de Sistemas e Informações, Helga Uchôa, e pela analista de sistema Sueli Bacelar, ambas funcionárias da Emgetis. Na oportunidade, elas apresentaram as funcionalidades do Protocolo Externo no e-Doc, os aspectos gerais sobre documentos/processos virtuais direcionados ao setor de RH, e, ao final, tiraram dúvidas dos participantes.

RH no eDoc

Na área de recursos humanos, o sistema e-Doc executa processos de requerimentos de servidores/empregados, solicitações de licença, pagamentos de salários, abono pecuniário, empréstimos, férias, vale-transporte, dentre outros.

A procuradora-chefe da Coordenadoria Consultiva da Via Administrativa e de Servidor Público, Lícia Machado, lembrou que, desde o ano passado, reuniões conjuntas e frequentes entre órgãos do estado têm sido realizadas para a virtualização dos processos.

“É indispensável que os RHs, que fazem parte da estrutura do estado, instruam os processos virtuais com todos os documentos necessários, a fim de que possamos dar uma celeridade à tramitação e evite que estes retornem aos órgãos de origem”, alertou a procuradora, que aproveitou a oportunidade para também ressaltar o trabalho da Emgetis, com apoio das pessoas que fazem parte da estrutura do estado, a exemplo do governador Belivaldo e do secretário George Trindade, como indispensável para atingir o nível de modernização que o estado está alcançando.

Atualizado: