Governo inicia projeto de modernização e expansão de TI em Sergipe

O diretor-presidente da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis), Ezio Faro, assinou nesta segunda-feira, 15, o contrato com a empresa PTS Data Center Solutions, por meio do seu representante Júlio Feferman, para a execução do Plano de modernização e expansão da TI no estado. Também participaram da assinatura como testemunhas os secretários João Augusto Gama (Planejamento, Orçamento e Gestão do Estado) e José Macedo Sobral (Saúde), – ambos integrantes do Conselho Administrativo da Emgetis. Ao ser implementado, o projeto possibilitará o desenvolvimento de um sistema de governança integrada, proporcionando uma maior velocidade e eficiência na entrega dos serviços públicos, principalmente nos setores da saúde, segurança e educação.

“Nossa perspectiva é de oferecer um serviço de alta qualidade técnica, trazendo uma experiência do setor privado e públicos. Ajudar o estado a fornecer o que há de mais alta tecnologia em termos de data center e telecomunicações para benefício do governo e da população de Sergipe”, enfatizou Júlio Feferman, empresário e coordenador do projeto no estado.

A empresa PTS Data Center Solutions é vencedora da licitação promovida pela Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA), responsável pelo investimento de cerca de US$ 600 mil (mais de R$ 2,3 milhões) na criação de projetos de implantação de uma rede banda larga de alta velocidade e de ampla segurança, além de projetar um ambiente de armazenamento de dados da Rede Governo (Data Center).

O projeto será desenvolvido durante o período de 6 meses, quando serão realizadas uma série de atividades começando por uma visita in loco, dos técnicos nacionais e internacionais. “Eles farão uma avaliação de toda a conjuntura do estado para depois fazer recomendações e orientar sobre qual o melhor caminho e quais as opções de infraestrutura de data center, tanto na parte de infraestrutura de suporte, ou seja, refrigeração, segurança, energia, quanto a parte de TI (servidores, roteadores, storage)”, explicou Feferman.

Além do desenho de engenharia do data center, também serão fornecidos relatórios sobre impactos no desenvolvimento econômico do estado que a implementação deste projeto terá, bem como a transferência de tecnologia e impacto ambiental. “É um conjunto de dez relatórios intermediários que ao longo do projeto auxiliarão o governo a prosseguir no melhor caminho possível em relação à tecnologia”, revelou Júlio Feferman, acrescentando que após o período da consultoria, será apresentado um relatório final, consolidando os demais relatórios e uma apresentação formal aos parceiros, ao governo do estado, com um sumário de todos os pontos identificados.

O passo seguinte ao projeto e parte também do relatório é produzir documentos iniciais para implementação e efetivação de todas as recomendações. “Os técnicos da Emgetis farão o acompanhamento diuturno da equipe PTS, no sentido de auxiliá-los na acessibilidade aos ambientes de tecnologia do estado, gerando mais celeridade para que possamos colher os frutos deste investimento para nosso estado. Assim que tivermos os projetos concluídos, vamos correr atrás do financiamento e fazer com que esse sonho se concretize”, comentou Ezio Faro.

Os benefícios do Plano de modernização e expansão da TI em Sergipe passam pelas ações na área de segurança pública, através de uma maior interligação entre delegacias e órgãos de segurança, monitoramento de segurança por câmeras; na saúde, uma rede mais ágil interligará as unidades de pronto atendimento, urgências e postos de saúde, permitindo o uso de novas tecnologias, como a telemedicina; e na educação será realizada uma ampla inclusão digital, conectando todos os municípios do Estado, levando banda larga de alta velocidade a telecentros públicos e escolas.

Experiência

A empresa PTS Data Center Solutions conta com mais três empresas para execução do projeto em Sergipe, uma parceria denominada consórcio que já desenvolveu projetos de data center no Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro. Além de data centers, esse consórcio criou no Ceará uma Rede estadual de Banda Larga, onde foi construído um anel de fibra óptica que perpassa todo estado, bem como o projeto de ativação econômica dessa rede, gerando recursos.

Última atualização: 9 de maio de 2017 12:37.

Pular para o conteúdo