Publicado: 21 de agosto de 2017, 10:09

Confraternização de Natal da Emgetis reúne colaboradores da Empresa

A tarde do último dia 19 foi de comemoração para os colaboradores da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis). Todos celebraram o final de ano com a confraternização de Natal entre os funcionários, terceirizados e estagiários na área externa da Empresa.

Durante a festa, os funcionários puderam se deliciar com churrasquinhos, salada, refrigerantes, além de curtirem muito ao som de músicas variadas com a presença de um dee jay. Todos os associados concorreram a brindes surpresa e se divertiram bastante com a confraternização.

Para o diretor-presidente da Emgetis, Cláudio Luiz da Silva, esta é uma boa oportunidade para que todos os que fazem parte da Empresa se reúnam e celebrem este momento de reflexão sobre mais um ano que termina. “É hora de vibrar com as realizações e aproveitar a mudança da Empresa para produzir cada vez mais serviços de qualidade em TI”, afirmou.

Segundo o técnico de teleprocessamento da Emgetis, Jesuíno Maciel, a festa é muito importante para cada funcionário. “Está muito boa a confraternização e quero parabenizar aos organizadores da nossa associação que promoveram o evento”, disse Jesuíno. Para a famosa Leca “do cafezinho” da Emgetis, a festa surge como uma oportunidade de união para os colaboradores que fazem a Empresa. “É o momento de nos abraçarmos e vivermos em comunhão. Mas bem que esse abraço poderia se estender para todos os dias do ano, não é?”, brinca dona Leca.

Festa da creche

A confraternização da creche que acontece todo final de ano foi marcada por risos e choros no final da manhã de hoje, dia 19. As professoras Silvia e Viviane organizaram um amigo secreto e um almoço com a ajuda dos pais e proporcionaram aos pequeninos um momento de aproximação maior com a troca dos presentes.

“Nós dividimos os pratos [de comida] e no dia cada um levou o seu. As professoras anotaram os nomes pra gente sortear para que o amigo secreto acontecesse entre ascrianças. Todo ano elas providenciam tudo, nos procuram e a festa acontece”, diz Luiz Eduardo Ferreira, que ajudou a sua filha Yasmin a abrir o presente que tinha acabado de ganhar.

Antônia Rocha, operadora de computador da Emgetis, se emociona ao ver sua neta Renata se divertindo com a troca dos presentes. “Os meus filhos também freqüentaram a creche, e hoje eu trago minha neta. Se eu não trago, ela passa o dia chorando. Ela gosta muito daqui”, afirma Antônia com os olhos cheios de lágrima lembrando do tempo de criança dos seus filhos.

Skip to content