Publicado: 31 de julho de 2017, 12:34

Servidores estaduais participam de treinamento para gestão eletrônica de documentos

Capacitar servidores no uso da solução de Gerenciamento Eletrônico de Documentos e Processos (GED), nas funções voltadas à condução dos processos e mapeamentos, bem como na criação de documentos a partir de modelos previamente configurados. Estas são algumas das propostas da primeira fase do curso sobre Solução de GED iniciado na última terça-feira, 22, sob a organização da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis).

O curso, que conta com a participação de 285 servidores de 60 órgãos estatais, ocorre na Sala de Treinamento da empresa e nas instalações da Escola deGoverno. Dividido em três fases, “o treinamento tem o objetivo de capacitar o servidor a utilizar aferramenta que modificará o processo de execução de documento, que vai desde a criação até a assinatura”, informou o gerente de projeto da DataEasy, Nicola Marcucci Neto, empresa responsável pela Solução de GED e vencedora do processo licitatório.

Cada participante desempenhará, posteriormente, o papel de multiplicador, em relação a transmissão da mensagem do curso para os demais servidores dos órgãos. De acordo com o presidente Ulisses Benedito de Paula, “o papel dos multiplicadores é fundamental, pois serão referências, nos seus respectivos órgãos, para esclarecimento de qualquer dúvida sobre o sistema”.

Na abertura do curso, o presidente ainda recomendou a todos que explorassem ao máximo o treinamento, informando que a Área de Relacionamento e Negócios (Arene) está à disposição para esclarecimentos posteriores. O encerramento do curso está previsto para o dia 02 de outubro.

Solução de GED

A solução de GED viabilizará a implantação do Sistema para Gestão Eletrônica de Documentos e Processos (e-DOC Sergipe), que propõe transformar o sistema de tramitação física de documentos em uma sistemática eletrônica. Segundo Ulisses de Paula, a solução tem amplitude corporativa, pois atenderá a todo o Estado.

“O e-DOC Sergipe quebra alguns paradigmas, pois institui a documentação e a tramitaçãoeletrônica em detrimento do papel. Com a Solução de GED, o documento vai tramitar virtualmente entre caixas postais, semelhante à lógica do correio eletrônico”, declarou o presidente. O novo processo tem garantia legal, respaldada na Certificação Digital. Além disso, a Solução de GED está hospedada em ambiente seguro, garantido pelo Data Center da Emgetis.

Expectativa

O coordenador de informática de Fundação Renascer, Ariosvaldo Pereira Filho, que participa do curso aprovou a novidade. “O setor de informática da empresa ainda está sendo estruturado. Portanto, o GED vem em um bom momento, uma vez que facilitará e agilizará o trabalho, desde a produção de arquivo até a catalogação do documento. Além disso, não precisará mais imprimir ofícios e evitará a tramitação de um setor para outro”.

“Tudo isso é muito novo e diferente, mas é bom”, opinou acerca da solução a responsável pelo protocolo da Emgetis, Ana Rita Feitosa. “Qualquer ação que venha para facilitar o serviço é sempre bem-vinda”, afirmou.

O responsável pelo projeto do GED, Francisco Rocha, contou que o GED é mais uma solução que a Emgetis oferece e que visa atender a demanda dos órgãos que compõem a Administração Pública Estadual. “Estamos oferecendo uma solução web integrada, que possibilitará uma linguagem única entres os diversos órgãos e uma gestão de documentos segura, ágil e menos dispendiosa”.

Skip to content