Acessibilidade

Publicado: 17 de junho de 2016

SergipeTec e Emgetis estudam novas possibilidades de interação tecnológica

Foi com o intuito de ampliar a interação entre ambas as partes que as equipes do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) e da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) reuniram-se nesta terça-feira, dia 14. Na oportunidade, foram apresentados os atuais serviços executados em Sergipe, pela Emgetis, e os futuros projetos do órgão, que buscam ampliar e facilitar ainda mais o acesso das pessoas à internet com boa qualidade. A partir deste encontro, a equipe do SergipeTec irá avaliar e definir quanto às possibilidades de sua participação em algumas das ações realizadas pelo órgão estadual.

“Baseados no decreto nº 25.300, de 27 de maio de 2008, atualmente, operacionalizamos os serviços de: rede metropolitana de alta velocidade, com fibra ótica partilhada (com 60 km de extensão, atendendo à 12 órgãos estaduais); acordo de cooperação com o Tribunal de Justiça, Redecomep e Banese; além de rede estadual de alta velocidade, em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), a qual visa atender ao interior sergipano”, explica Francisco Varella, diretor técnico da Emgetis.

Quanto a futuros projetos, ainda de acordo com Francisco, há uma previsão de implantação do projeto, que será sem custo para o Governo do Estado e a ser financiado pela United States Trade and Development Agency/USTDA (R$ 2,5 milhões), englobando os seguintes itens. “Data Center (ambiente adequado e seguro para dados e aplicações, melhoria dos serviços oferecidos e grande economia na compra de equipamentos e serviços); Segurança (minimização dos riscos aos dados armazenados pelo Governo do Estado, maior tranquilidade para os gestores públicos); e também a interligação dos 75 municípios, por meio de rede de fibra ótica (internet em banda larga para todo o Estado, independência na comunicação e mais benefícios às àreas da Saúde, Educação, Fazenda e da Segurança Pública)”, enumera Francisco.

“Esse momento é de fundamental importância para que a gente conheça mais detalhadamente as ações da Emgetis e, assim, possamos aumentar a nossa interação com ela, já que é um órgão do Estado especializado em serviços e projetos ligados à área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), assim com o SergipeTec, que é uma organização social cuja missão é promover o empreendedorismo inovador entre Escola, Empresa e Estado, visando a inovação tecnológica, geração de trabalho, renda e de conhecimento. Após essa primeira etapa – de apresentações de serviços e projetos -, faremos uma reunião com os nossos gestores de Tecnologia da Informação (TI), Infraestrutura, Pesquisa e Desenvolvimento, e de Inovação, para, baseados nas informações obtidas, definirmos qual(is) o(s) projeto(s) que podemos participar, e, posteriormente, avaliarmos qual a melhor forma de trabalhar junto à Emgetis”, esclarece Manoel Hora, presidente do SergipeTec.

Do SergipeTec, também estiveram presentes na ocasião: Carla Almeida, gestora de TI; Marcelo Dósea, gestor de Inovação; Cláudio Antunes, gestor de Infraestrutura; e Vitor Vaz, coordenador do Centro Vocacional Tecnológico (CVT). E da Emgetis: Sueli Bacelar, gerente da Área de Governança e Inovação; e Ricardo Torres, gerente de Projetos.

Por Ascom/SergipeTec


Última atualização: 26 de abril de 2017