Publicado: 10 de julho de 2017, 16:32

Sergipe Internet registra mais de 6 mil acessos nas zonas Wi Fi

As zonas de internet sem fio (Wi Fi), disponibilizadas pelo Governo de Sergipe na Orla da Atalaia, nos Mercados Centrais de Aracaju e no município da Barra dos Coqueiros continuam em pleno funcionamento. Durante o último mês, foram registrados 6.988 acessos em diversos pontos de conexão viabilizados pelo projeto Sergipe Internet, que visa proporcionar facilidade no acesso à web para turistas e cidadãos sergipanos.

De acordo com as estatísticas do mês de outubro, a maior utilização da conexão Wi Fi foi registrada na Barra dos Coqueiros, que somou um total de 4.534 acessos. Já no município de Aracaju, os usuários da internet sem fio preferiram conectar-se na zona da Passarela do Caranguejo – que obteve 665 conexões – enquanto a Orla da Atalaia alcançou um total de1884 acessos. Na região dos Mercados, onde foram registrados 570 acessos, o sábado e o domingo corresponderam aos dias com maior utilização do serviço.

Aceitação

Para a coordenadora do Sergipe Internet, Isabela Piva, o projeto do Governo do Estado apresentou uma boa aceitação por parte da população. Na avaliação da Foto: Marcos Rodriguestécnica da Secretaria de Estado da Casa Civil (Secc), já no Verão Digital – projeto experimental – foi possível notar a evolução do uso do serviço. O resultado foi a permanência das zonas de internet na Orla e a expansão do serviço para outros locais, constituindo-se o Sergipe Internet.

“Considero que o sucesso do serviço disponibilizado deve-se ao fato da crescente necessidade da população em inserir-se digitalmente, seja na busca por informações, estudos formais, serviços, assim como na comunicação e interação com as redes sociais, que atualmente abrangem, além dos jovens, outras faixas etárias da população”, opinou Isabela Piva.

Expansão do Sergipe Internet

A iniciativa, que está sob a coordenação da Casa Civil, conta com a atuação da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) no que se refere ao suporte técnico, instalação e manutenção das zonas. Segundo o diretor de Tecnologia, Milson Leite Barreto, o projeto apresenta um caráter sazonal, podendo ser expandido a critério do Governo. “Novas zonas e a instalação de lan houses podem ser eventualmente disponibilizadas em demandas pontuais que o Governo solicitar”, explicou.

Segundo Isabela Piva, com implantação do ‘Uca Total’ – projeto do Governo Federal que cobrirá digitalmente a Barra dos Coqueiros – haverá a possibilidade de remanejamento das três zonas da cidade para outros locais ainda não definidos.

Foto Orla de Atalaia: Marcos Rodrigues

Skip to content