Publicado: 21 de agosto de 2017, 10:24

Prodase transforma-se efetivamente em Emgetis

No último dia 27 de novembro, a Companhia de Processamento de Dados de Sergipe (Prodase) se transformou efetivamente em Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis), com registro na Junta Comercial do Estado de Sergipe. Antes, a transformação em empresa já tinha sido autorizada em 4 de abril deste ano, por meio da Lei nº 6.396.

Para informar oficialmente aos colaboradores da Emgetis sobre as mudanças no órgão, a diretoria executiva reuniu todos no auditório e anunciou as modificações. “A Emgetis, atualmente, não é apenas um órgão de operação em Tecnologia da Informação; é também uma empresa com o objetivo de pensar a Tecnologia da Informação”, enfatizou Cláudio Silva, diretor-presidente.

Além da mudança na estrutura administrativa do órgão de gerenciamento de Tecnologia da Informação (TI) do Estado, também houve transformação na logomarca e no próprio site, que ficou muito mais moderno, dinâmico e com o propósito de levar ao público informações diversas sobre TI no Estado de Sergipe e fora dele.

Objetivos

A determinação do Conselho Estadual de Tecnologia da Informação e de Comunicação de Sergipe (Conteic), através da Lei nº 5.281, de 29 de janeiro de 2004, é que o órgão tem como objeto a promoção, execução e gestão da Política Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação, no âmbito da Administração Pública Estadual.

De acordo com o diretor administrativo, Ulisses Benedito de Paula, hoje a Emgetissurge como uma proposta de moderna estrutura administrativa e operacional, em um novo modelo de governança corporativa. “A mudança teve como principal objetivo a retomada da segurança jurídica, que impedia o pleno desenvolvimento da Agetis, principalmente nos aspectos trabalhistas; e a possibilidade de se implantar um modelo tributário mais vantajoso para a Empresa”, disse.

Skip to content