Publicado: 3 de agosto de 2017, 10:23

Novos investimentos modernizam parque tecnológico da Emgetis

Os novos equipamentos vão aumentar a capacidade de processamento das informações na Rede Governo e possibilitarão implantar a solução de Gerenciamento Eletrônico de Documentos. O investimento em hardware superou a cifra de R$ 1 milhão.

O Governo de Sergipe, através da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis), adquiriu novos equipamentos de tecnologia da informática para modernizar o Data Center (central de processamento de dados) do Estado. A apresentação dos equipamentos acontece nesta quinta-feira, 18, ao Conselho de Administração da Emgetis, que tem como presidente o secretário de Estado da Casa Civil, Oliveira Júnior.

Os novos equipamentos vão aumentar a capacidade de processamento das informações na Rede Integrada do Governo do Estado e duplicar a capacidade de armazenamento no correio eletrônico corporativo do Governo, o Expresso Livre Sergipe. Eles também possibilitarão implantar a solução de Gerenciamento Eletrônico de Documentos, recentemente adquiridos pelo Governo. O investimento em hardware superou a cifra de R$ 1 milhão.

Segundo o secretário de Estado da Casa Civil e presidente do Conselho de Administração da Emgetis, Oliveira Júnior, “com a melhoria do tempo de resposta na consulta à Rede, os servidores públicos poderão agilizar o atendimento aos usuários, nas atividades executadas através de computador. Com isso, podemos ter um melhor gerenciamento das ações do Governo, e alcançar com mais eficácia objetivos sociais”, afirmou.

De acordo com o presidente da Emgetis, Ulisses Benedito de Paula, as novas máquinas foram adquiridas para elevar o potencial do Data Center. “Os equipamentos foram todos condensados, o que reduz o espaço físico, aumentando a velocidade de processamento das ações executadas na Rede do Governo”, garantiu.

Quadruplicar usuários

Segundo o assessor de Planejamento Estratégico da Emgetis, Jorge Eduardo, hoje existem 15 mil usuários cadastrados no Expresso, mas o objetivo é chegar a 60 mil usuários até o final do ano. “Com essas novas máquinas, poderemos ampliar o acesso ao correio eletrônico, especialmente inserindo os professores e alunos das escolas públicas na rede, além de aumentar o tamanho da caixa de mensagens, com uma capacidade de armazenamento de até 12 terabytes em discos”, explicou.

Estrutura

Todas as máquinas estão compactadas em rack, forma atual de organizar o hardware de servidores. São 16 servidores blade, sendo 10 de 32 gigabytes de memória cada, com dois processadores de quatro núcleos, e seis servidores blade de 16 gigabytes cada, com dois processadores de quatro núcleos. Ou seja, uma expansão total de 416 gigabytes de memória RAM, para duplicar a capacidade de processamento.

A estrutura do Data Center está montada na Emgetis, onde existe no-break próprio que garante o fornecimento de energia e ar condicionado ininterrupto e pessoal de suporte 24 horas por dia. Todo esse aparato tem o objetivo de evitar quedas de energia, superaquecimento de equipamentos e lentidão de acesso.

Ascom da Secretaria de Estado da Casa Civil

Skip to content