Acessibilidade

Publicado: 8 de outubro de 2015

Emgetis inicia avaliação de projetos de modernização da TI em Sergipe

Três empresas americanas entregaram propostas para desenvolvimento dos projetos custeados pela USTDA

Foi encerrada a entrega das propostas para o desenvolvimento de projetos do plano de modernização e expansão de TI em Sergipe, a ser realizado pela Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis), em parceria com a Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA). Na manhã desta quarta-feira, 7, a comissão técnica da Emgetis deu início ao processo de avaliação, conforme os critérios preestabelecidos no edital. Ao todo, foram entregues três propostas de empresas americanas interessadas em desenvolver o projeto. O projeto possibilitará um investimento de US$ 600 mil (mais de R$ 2,3 milhões), sem custos para o Estado de Sergipe.

Comissão Técnica reunida para avaliação dos projetosA análise técnica da Emgetis para escolha da empresa vencedora será baseada em critérios previamente definidos em conjunto com a USTDA. Dentre os critérios serão considerados a experiência da empresa em projetos semelhantes, a capacitação da equipe de profissionais envolvidos, a abordagem proposta para a execução das tarefas e as competências interculturais desenvolvidas pela empresa.

Os projetos são relativos à cobertura de rede banda larga para atender a todo o Estado em áreas governamentais; projeção de um ambiente de armazenamento de dados da Rede Governo (Data Center); e a segurança dessa Rede, preparando-a para imprevistos ou eventos que possam causar-lhe danos. Após a seleção técnica, a empresa escolhida passará pela avaliação de regularidade da USTDA.

“Um dos maiores objetivos da Emgetis neste projeto é aperfeiçoar a comunicação entre o governo do estado e a população sergipana, melhorando a prestação de serviços eletrônicos, e proporcionar uma maior transparência da gestão pública”, enfatizou o diretor-presidente da Emgetis, Ezio Faro, informando, ainda, que a implantação deste projeto facilitará a inclusão digital da população de Sergipe, conectando todos municípios sergipanos, através de uma rede de banda larga de alta velocidade.

Mário Vasconcelos orienta a Comissão Técnica sobre os procedimentos de análise dos projetosO coordenador do projeto e assessor de Planejamento Estratégico da Emgetis, Mário Vasconcelos, acrescentou que o projeto, ao ser implementado, possibilitará o desenvolvimento de um sistema de governança integrada. “Esta rede interligará todas as secretarias e órgãos, proporcionando uma maior velocidade e eficiência na entrega dos serviços públicos, reduzindo assim os custos para o Estado, através da utilização de uma eficiente infraestrutura de comunicações”, destacou.

O plano de modernização de TI da Emgetis também possui um objetivo social. A população terá acesso à banda larga, através de telecentros públicos e escolas. No nível municipal, será dada prioridade às camadas mais pobres da população, a exemplo das comunidades quilombolas, indígenas e assentamentos de reforma agrária.


Última atualização: 11 de maio de 2017