Publicado: 25 de maio de 2017, 11:22

Emgetis faz doações ao Projeto Pouso Seguro da Criança

Beneficiados pelo Projeto Pouso Seguro da Criança, que atende ao público infanto-juvenil carente das comunidades dos bairros Aeroporto, Santa Maria e adjacências, receberam nesta terça-feira, 11, flautas arrecadadas pela Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis).

Durante o mês de novembro, a Emgetis fez uma campanha interna de arrecadação desses instrumentos. A finalidade foi proporcionar a essas crianças e adolescentes aulas de flauta doce inseridas no Projeto Pouso Seguro da Criança, pois, apesar de já haver um instrutor disponível, os beneficiados não dispunham do material.

Além das flautas doces, as crianças receberam dos colaboradores da Emgetis livros infantis para compor a biblioteca do Projeto e sacolinhas com doces. De acordo com a gerente da Área de Pessoal (Arpes) da Emgetis, Ana Paula Correia, a doação surgiu depois que uma equipe da Emgetis fez uma visita técnica ao Projeto.

Iniciativa

“A nossa diretora de Administração e Finanças, Antônia Machado, visitou o projeto, pois a Emgetis conta com dois estagiários que dão aula de informática a essas crianças. Em conversa com uma das educadoras, foi mostrada a necessidade de adquirir essas flautas para aulas de música e os livros para a biblioteca”, pontuou Ana Paula, que participou da entrega nesta terça. “É uma satisfação trazer esse material. A gente percebe como as crianças ficam felizes”, afirmou.

Quem também esteve presente à sede do Projeto para levar as flautas e livros foi a gerente da Área de Contratação e Serviços Administrativos (Arcad) da Emgetis, Ana Braz. “Adorei participar dessa ação, é um momento muito bonito. Ver a alegria dessas crianças por causa de uma atitude tão simples não tem preço”, declarou.

Uma das educadoras do Projeto Pouso Seguro da Criança, Leodice Rodrigues, falou sobre a importância da iniciativa da Emgetis. “A música, além de mexer muito com a criança, é uma das formas de educá-la. Essas aulas de flauta doce certamente complementarão nossa rotina diária, que já abrange reforço escolar e atividade física. É uma satisfação receber as flautas, os livros e os doces. Só podemos agradecer”, disse.

Por Andreza Azevedo
Fotos: Ascom/Emgetis

Skip to content