Publicado: 29 de maio de 2017, 10:32

Emgetis e Detran proporcionam melhorias a usuários de sistemas da SSP

Desde o último dia 15, funcionários da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP) que utilizavam dois ambientes para acessar os sistemas do Detran/SE e SSP/SE passaram a usar apenas um. O benefício foi viabilizado graças à atualização de softwares e à mudança da plataforma mainframe IBM-Multiprise (2000) para os servidores blade em plataforma baixa, os mais modernos do Data Center da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis).

Em quase uma semana de uso do novo serviço, que agora tem um ambiente integrado e com maior performance, os resultados já são perceptíveis, conforme conta o programador da Emgetis, Raphael Bittencourt, que atualmente está cedido à SSP. “O balanço que fazemos desses primeiros dias é que tudo ocorreu de forma tranqüila. Houve alguns problemas pontuais, mas que rapidamente foram solucionados. Os usuários deixaram de usar um sistema obsoleto para usufruir de um mais moderno, rápido e atualizado”, declara Raphael, que acompanha e ajuda a viabilizar esse processo de migração desde o começo.

A migração dos sistemas da SSP teve como base o modelo realizado pelo Detran, que através de Termo de Cooperação permitiu que a Secretaria pudesse migrar seus sistemas para o mesmo ambiente dele.

De acordo com o diretor de Tecnologia da Emgetis, Milson Barreto, a migração praticamente conclui a retirada, iniciada há alguns anos, dos sistemas em produção do ambiente de grande porte da Emgetis. “As bases de dados dos sistemas no mainframe deverão ser transferidas para sistemas em plataforma baixa até o final deste ano”, afirma.

Procedimentos

A coordenadora de Software Básico e Banco de Dados da Emgetis, Edjane Santana, destaca que nesses primeiros dias de adaptação dos usuários foram realizados alguns procedimentos para assegurar o melhor uso possível do serviço. “Foi montada uma base de teste, fizemos simulações, visitas aos postos de atendimento para fornecer informações gerais e foram criados grupos com perfis apropriados para cada usuário”, explica.

Os postos de atendimento do interior do Estado estão sendo visitados por um membro da Emgetis que presta serviço à SSP. A visita serve para orientar os usuários sobre o uso do novo ambiente. Esta mudança abrange órgãos como o Instituto de Identificação, os Centros de Atendimento ao Cidadão (Ceacs), além daqueles que utilizam esse sistema para consulta, como o Tribunal de Justiça e a Polícia Federal.

Por Andreza Azevedo
Imagem: Divulgação

Skip to content