Publicado: 31 de julho de 2017, 10:21

Emgetis apóia curso sobre sistema de informação voltado aos Conselheiros Tutelares

Através da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis), o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) capacita os membros dos Conselhos Tutelares de Aracaju para o acesso ao novo Sistema de Informação para a Infância e Adolescência – SIPIA Conselho Tutelar, na versão web.

Segundo o funcionário e membro Núcleo de Referência do SIPIA, Juarez Conrado, a Emgetis proporcionou o espaço físico e a estrutura técnica com computadores e acesso à Internet para o curso.

“O papel da Emgetis nesta capacitação é de extrema importância para a implantação do novo sistema SIPIA para web, que irá facilitar o acesso aos dados, que antes era feito de forma manual. A Emgetis sempre possibilita a melhor estrutura técnica e espaço para a realização das capacitações”, explicou o administrador do sistema, Antônio Carlos.

O curso

A capacitação tem carga horária de 16 horas, dividida em dois dias: 06 e 07 deste mês e ocorre na Sala Multiuso da Emgetis. Esta terceira turma compreende cerca de 20 membros do CEDCA, sendo que a primeira foi realizada entre os dias 13 e 16 de outubro do ano anterior.

De acordo com José Marconi, instrutor do curso e coordenador de Desenvolvimento do sistema em Recife/PE, o treinamento consiste na apresentação do SIPIA e na orientação de como os membros do Conselho irão aprender a utilizá-lo para aplicar em suas atividades diárias.

“A partir do sistema eles registrarão denúncias contra os direitos das crianças e adolescentes, bem como o cadastro da criança ou adolescente que teve seus direitos violados, a definição dos direitos violados e o acompanhamento para reverter o quadro”, explicou o instrutor.

As novas versões do Sipia pretendem facilitar o registro da aplicação e execução de medidas de proteção ou socioeducativas ao implementar banco de dados online. A pretensão dos governos Estadual e municipais é que os membros dos 84 Conselhos existentes no estado sejam capacitados.

Skip to content