Acessibilidade

Publicado: 30 de janeiro de 2012

E-DOC Sergipe foi tema de reuniões na Seplag e na Casa Civil

Nos dias 26 e 27, o Sistema para Gestão Eletrônica de Documentos e Processos – e-Doc Sergipe foi assunto de eventos promovidos nas Secretarias de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e da Casa Civil (SECC), respectivamente. O primeiro reuniu representantes de órgãos do Governo para tratar sobre a padronização dos documentos do sistema. Já o segundo encontro reuniu servidores da Casa Civil para apresentação das vantagens do uso efetivo da solução.

E-Doc na Seplag

Com a finalidade de inovar e facilitar a atual Gestão de Processos de Negócios, a Superintendente de Modernização da Gestão da Seplag, Deborah Arôxa, reuniu os diretores do financeiro do Estado. Na ocasião, foi apresentada a Portaria conjunta com PGE/Seplag/SECC/CGE/Emgetis que busca rever e atualizar as rotinas procedimentais de tramitação de processos administrativos no âmbito da Administração Pública Estadual.

“Queremos que essa reunião aconteça mensalmente para acompanharmos de perto a evolução das secretarias e órgãos quanto ao sistema operacional do E-DOC, explicou Deborah Arôxa. Para Deborah Arôxa Foto: Ascom/Seplagtanto, a Seplag já vem desenvolvendo ações para implementação do e-Doc no Estado e capacitando os funcionários.

“Estamos trabalhando no primeiro momento em treinamento dos protocolos, formando o gestor local com curso de BPM (Business Process Management), também estamos observando nas secretarias a infraestrutura necessária para implementação do sistema eletrônico”, ressaltou Fátima Cabral, diretora de TI da Seplag.

E-DOC na Casa Civil

Na SECC, o encontro foi motivado pelo empenho do órgão em modernizar o processo de tramitação de processos. “O governo Marcelo Déda, com o objetivo de modernizar a tramitação de processos e reduzir o tempo dos trâmites legais, criou o e-DOC. Estamos, neste momento, pedindo a colaboração dos nossos servidores, no sentido da implantação efetiva. Sabemos que acarreta uma mudança cultural, mas nada que o empenho e a boa-vontade de todos em aprender o novo, não consiga efetivá-lo”, disse o secretário Jorge Alberto.

A iniciativa de reunir internamente os servidores chefes de setores, chefes de gabinetes e diretores, partiu da analista de sistema do órgão que também acumula a função de Administradora Local do e-Doc, Zelma Figueiredo juntamente com o apoio determinante da Diretora Administrativa Financeira, Zenóbia Torres, que identificaram a necessidade de compartilhar as mudanças ocorridas no Sistema desde sua implantação. Uma das ações mencionadas foram os encontros realizados para construção das instruções normativas referentes aos procedimento de entrada, trâmite e saída dos documentos e processos, que comporão a Portaria de Tramitação de Processos que tem a finalidade de uniformizar os procedimentos a serem realizados por toda a esfera governamental.

A superintendente da Seplag, que foi convidada para reunião, elucidou várias dúvidas e revelou também informações importantes. Ela frisou que a mudança é gradual, porque perpassa por uma mudança de cultura. “Vamos construir uma nova cultura investindo em tecnologia, capacitação, comunicação ecom muita informação”, destacou.

Arôxa informou que a equipe está elaborando um material didático padrão. Um hot site, onde o usuário poderá esclarecer todas as dúvidas em tempo real, contando, inclusive com um fórum para troca de experiências e de informações, entrará na rede até o dia 10. Arôxa ressaltou que os servidores que lidam diretamente com o e-DOC serão capacitados. A princípio, oito órgãos do governo, entre eles a Casa Civil, serão treinados para utilizar o e-DOC em sua totalidade.

Com informações da Seplag e da Casa Civil


Última atualização: 31 de maio de 2017