Delegação da Empresa Sergipana de Tecnologia e da Secretaria de Estado da Saúde conhece o Conecta SUS de Goiânia

Com o emprego de engenharia e ciência de dados, ocorre maior eficácia nas políticas governamentais

No intuito de familiarizar-se com o programa Conecta SUS – plataforma de saúde voltada para cidadãos, profissionais e gestores da saúde -, na última sexta-feira, 1º, equipes da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES) foram recebidas pelo superintendente Mário Pereira da Superintendência de Saúde Digital, Inovação e Tecnologia da Secretaria da Saúde do Estado de Goiás. O propósito da visita era conhecer o Projeto Conecta SUS, que tem sido aprimorado nos últimos dez anos em Goiás.

A iniciativa tem como objetivo interligar as bases de dados dos diversos sistemas do Sistema Único de Saúde (SUS) e de outros sistemas informatizados utilizados pelos municípios e unidades de saúde. Abrangendo desde a atenção primária até a média e alta complexidade, o projeto resulta em um extenso repositório de informações. Com o emprego de engenharia e ciência de dados, ocorre maior eficácia nas políticas governamentais nessa área, impactando diretamente na vida do cidadão.

O objetivo é garantir que, em breve, os usuários SUS em Sergipe também possam usufruir dos benefícios proporcionados por uma política de saúde baseada em informações tratadas por meio de ferramentas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A Emgetis teve a oportunidade de conhecer a estrutura tecnológica que sustenta o Conecta SUS, a fim de estar apta a oferecer o suporte necessário para a implementação do projeto em Sergipe.

De acordo com a diretora de Tecnologia da Emgetis, Kleyssie Pinheiro, no âmbito do Conecta SUS, as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) desempenham um papel fundamental. “Confirmamos que a implementação do prontuário único e a sincronização de uma base de dados centralizada, aliadas ao uso de ferramentas de TIC, como a inteligência artificial, facilitam o acompanhamento do histórico de cada paciente. Isso direciona a condução de uma gestão efetiva dos recursos disponíveis, garantindo um atendimento personalizado e eficiente. A utilização das ferramentas de TIC como catalisadoras desse processo, proporciona ganhos aos usuários dos serviços”, explicou Kleyssie

Última atualização: 5 de dezembro de 2023 08:34.

Pular para o conteúdo