Publicado: 24 de maio de 2017, 12:07

Alunos do IFS e Fanese fazem visita monitorada à Emgetis

A Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) recebeu nesta semana a visita técnica monitorada de estudantes provenientes de diversos cursos relacionados à área de atuação da Emgetis. Os visitantes são alunos do Instituto Federal de Sergipe (IFS/Campus Itabaiana) e da Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese).

O gerente de Projetos da Emgetis, Ricardo Torres, conta que este tipo de atividade é semestral. “A ideia é que o aluno possa ter uma visão da realidade. A partir das visitas, ele começa a ter uma visão diferente, mais realista, do que é a tecnologia e como ela influencia na vida da empresa. A partir disso, ele poderá usar o conhecimento no cotidiano do seu trabalho”, diz.

Torres ainda destacou que ações como estas ajudam a demonstrar as funções da Emgetis, divulgando que existe uma alta tecnologia aplicada e de grande porte na empresa.

Repercussão

O professor da Fanese, José Walter, que procurou a Emgetis para a visita, fala sobre sua importância. “Na visita, os alunos poderão verificar o que foi visto em sala de aula e aproveitar a excelência da Emgetis, observando o que é aplicado na realidade”, enfatiza.

De acordo com o professor, os alunos conseguem se situar em um local de trabalho e compreender a importância dos conhecimentos adquiridos em sala de aula para o dia a dia de empresas públicas e privadas.

Já o aluno Geraldo Antônio, do curso de Processos Gerenciais da Fanese, diz que ficou impressionado com vários aspectos, inclusive com o tamanho dos equipamentos. “A visita tirou dúvidas e trouxe o que é a tecnologia hoje no mercado, mostrando como funciona a estrutura na administração estadual”, afirma, demonstrando surpresa ao ter contato com a estrutura da Emgetis.

Para realizar visitas monitoradas à Emgetis, a instituição de ensino interessada deve entrar em contato com a presidência da empresa, pelo telefone (79) 3216-1003. Em seguida, deve enviar um ofício formalizando a solicitação para posterior agendamento.

Por Tânia Oliveira e Andreza Azevedo
Fotos: Ascom/Emgetis

Skip to content